Make your own free website on Tripod.com
Como surgiu a devoção???
 
       A espiritualidade do Coração de Jesus tem a idade da Igreja, pois nasceu d'Aquele Coração "dilacerado" no alto do Calvário. Porém, surgiram várias heresias que mostravam um Deus sem amor, sem sentimentos, sem coração. Mas, Santa Margarida Alacoque reavivou este culto a partir do séc. XVII, propagando ao mundo as Doze Promessas, transmitidas a ela por Jesus através de Suas aparições, onde expunha Seu Sagrado Coração abrasado de amor pela humanidade!
       
    Uma chuva de bênçãos é derramada sobre os que se consagram e entronizam os Sagrados Corações de Jesus e de Maria em seus lares, além de ser o meio mais feliz para que haja harmonia entre todos os membros de sua família.
 
    O Coração é justamente a melhor expressão para designar o todo do ser humano. Ele é um órgão interno do corpo. Como tal, não é visto, mas o seu palpitar é sentido, seu trabalho e empenho, percebidos, sendo de vital importância para a manutenção da vida biológica.   O hebreu vê o termo coraçào de modo bem mais amplo, designando todo o interior do ser humano. Além dos sentimentos, ele indica também idéias, projetos e mesmo a tomada de decisões e opções ( como em 1Sm 16, 7; Jr 17, 10; Is 29, 13; Dt 4, 29 ). O próprio Jesus não se cansou de mencionar a palavra coração em seus ensinamentos ( como em Mt 11, 29;   Mt 5, 8; Mt 18, 35; Mt 15, 19).